Consulta Pública número 39 – Secuquinumabe como primeira etapa de terapia biológica para o tratamento da espondilite anquilosante

Todos os medicamentos biológicos incorporados no SUS para o manejo da espondilite anquilosante devem estar na mesma etapa de tratamento para garantir autonomia ao médico na escolha da melhor terapia para o paciente – Faça sua contribuição para assegurar que isso aconteça!

Recentemente, a CONITEC (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologia) deu parecer preliminar DESFAVORÁVEL à incorporação de Cosentyx® (secuquinumabe) como primeira linha de terapia biológica para o tratamento de pacientes com espondilite anquilosante no Sistema Público de Saúde. Para maior benefício dos pacientes, o GARCE acredita que todas as terapias biológicas disponíveis no SUS deveriam estar na mesma etapa de tratamento biológico, proporcionando assim maior liberdade prescritiva para o médico e maior facilidade de acesso aos pacientes do SUS.

É de extrema importância ressaltar que esse parecer preliminar desfavorável traz impactos diretos aos pacientes, uma vez que já foi comprovado que secuquinumabe tem maior eficácia em pacientes que nunca usaram anti-TNF do que em aquelas que já fizeram uso prévio¹. Não faz sentido para o paciente ser tratado com uma única opção de classe biológica, quando existe outra disponível no SUS, que tem um mecanismo de ação mais específico e seletivo do que a inibição do TNF-alfa²-³.

Se você discorda do posicionamento inicial da CONITEC e entende que secuquinumabe deveria estar na primeira etapa de tratamento biológico para espondilite anquilosante, você pode manifestar sua opinião até o dia 12 de agosto da seguinte forma:

1. Acessar o site da CONITEC (conitec.gov.br/consultas-publicas);
2. Localizar a Consulta Pública número 39 – Secuquinumabe como primeira etapa de terapia biológica para o tratamento da espondilite anquilosante ativa em pacientes adultos;
3. No campo contribuição, clicar em experiência ou opinião;
4. De sua contribuição no campo 6;
5. Comentar a razão no campo 7;
6. Você pode especificar sua experiência com Secuquinumabe nos campos seguintes e
7. Clicar em Gravar no rodapé da página e aguardar a tela de confirmação.

Você tem a chance de fazer a diferença e o prazo é curto!

Referências: (1) Baeten D, Sieper J, Braun J, et al.; MEASURE 1 Study Group; MEASURE 2 Study Group. Secukinumab, an Interleukin-17A Inhibitor, in Ankylosing Spondylitis. N Engl J Med. 2015 Dec24;373(26):2534-48. (2) Winthrop KL, Mariette X, Silva JT, et al. ESCMID Study Group for Infections in Compromised Hosts (ESGICH) Consensus Document on the safety of targeted and biological therapies: an infectious diseases perspective (Soluble immune effector molecules [II]: agents targeting interleukins, immunoglobulins and complement factors). Clin Microbiol Infect. 2018 Jun;24 Suppl 2:S21-S40.
(3) Bula de Cosentyx® (Secuquinumabe) VSP8. Aprovada pela ANVISA em 25 de março de 2019.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading...
%d blogueiros gostam disto: