Dicas para cozinhar, quando você tem artrite

Cozinhar para quem tem artrite reumatoide, se torna muitas vezes algo doloroso. Imagina, ser chefe de cozinha e descobrir ter AR, foi o que aconteceu com o Chef Seamus Mullen, após o seu diagnóstico, Chef Seam, passou a adaptar a sua cozinha e descobriu que existem maneiras de tornar a arte de cozinhar mais fácil para as pessoas com artrite reumatoide.
Há cerca de oito anos, Mullen começou a se sentir-se exausto o tempo todo – seu corpo doía e ele sentia-se mal em geral. As crises agudas de dor no ombro mandaram-no para o hospital uma meia dúzia de vezes. Um dia, um ataque de dor no seu quadril deixou-o incapaz de ficar em pé. Ele foi admitido no hospital e foi diagnosticada com artrite reumatóide (AR), uma doença na qual o sistema imunitário do corpo ataca o revestimento das articulações.
Uma vez que os sintomas de AR podem ser confundidos com outras doenças, além de serem diferentes de pessoa para pessoa, muitas pessoas com a doença podem passar meses ou anos antes de terem o diagnóstico, tal como aconteceu a Mullen.
Após o diagnóstico, Mullen questionou-se se seria capaz de continuar a sua carreira como chef. Mas com o tempo, Mullen empenhou-se em cuidar melhor de si mesmo e aprender mais sobre sua doença para que pudesse controlá-la.
Para tornar mais fácil o processo de cozinhar para quem tem a doença, Mullen desenvolveu dicas para as pessoas com AR. Mullen diz também que estas dicas podem ajudar não só quem as pessoas que têm AR, mas também qualquer pessoa com problemas de mobilidade.
1. Ter um processador de alimentos e uma boa faca
Cortar legumes pode ser difícil e doloroso, afirma Mullen. Um bom processador de alimentos e uma faca de alta qualidade tornam essas tarefas mais fáceis. Mullen observou que uma faca cega exige mais esforço para ser usada, o que pode resultar em acidentes.
2. Impedir a tábua de deslizar
Manter os alimentos no lugar durante o corte deles também pode ser uma tarefa exigente. Coloque uma toalha de papel húmido sob a placa de corte para a manter no lugar e evitar o deslizamento, aconselha Mullen.
3. Use tapetes de cozinha
Ficar de pé numa superfície dura durante horas provoca a Mullen dores nas costas, então ele colocou vários tapetes acolchoadas na sua cozinha. “Estes tapetes anti-fadiga são grandes, porque eles absorvem parte do choque, redistribuem o peso e diminuem a pressão e o stress nos seus pés, pernas e costas”, afirma Mullen.
4. Organizar a cozinha para melhor acessibilidade
As pessoas devem pensar sobre os ingredientes que usam com frequência, e colocá-los em lugares que são fáceis de alcançar. Por exemplo, não guarde coisas que você usa com frequência sob o balcão, porque você ter que se debruçar muitas vezes, afirma Mullen.
5. Divida as cargas pesadas
Você pode comprar alimentos a granel, como um grande saco de batatas. Mas não é uma boa ideia levantar um peso tão grande, afirma Mullen. Divida os conteúdos de embalagens pesadas em recipientes menores de forma a tornar mais fácil o seu uso.
Texto adaptado do site Livescience, artigo Rheumatoid Arthritis Cooking

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading...
%d blogueiros gostam disto: