Ministério da Saúde realiza consulta pública para incorporação de Canaquinumabe para tratamento de Artrite Idiopática Juvenil Sistêmica

No dia 27 de agosto de 2019, a CONITEC (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologia) deu parecer preliminar desfavorável à incorporação de Canaquinumabe para o tratamento de pacientes com Artrite Idiopática Juvenil Sistêmica (AIJS).

A Artrite Idiopática Juvenil (AIJ) é uma das doenças reumáticas infantis mais comuns, com uma incidência de 11,9 por 100.000 pessoas/ano. Aproximadamente 10 a 15% das crianças com AIJ são classificadas como portadoras de AIJS (1). AIJS manifesta-se de maneira diferente das outras categorias de AIJ, com características mais sugestivas de uma síndrome autoinflamatória. Crianças com AIJS são mais propensas a desenvolver a Síndrome de ativação de macrófagos (SAM), quando comparadas a crianças com outras categorias de AIJ, sendo uma complicação potencialmente fatal, manifestada por uma constelação de achados clínicos e laboratoriais, incluindo febre mais persistente, citopenias, hepatoesplenomegalia, linfadenopatia, encefalopatia, transaminases elevadas e coagulopatia.

O tratamento medicamentoso da AIJS, conforme o Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica (PCDT) da Artrite Reumatoide, consiste no uso de Anti-inflamatórios Não-Esteroidais (AINE), glicocorticoides, imunossupressores e Medicamentos Modificadores do Curso da Doença (MMCD) – sintéticos e biológicos. Mais recentemente, a introdução do anti-IL1e anti-IL6 revolucionaram o tratamento da AIJS permitindo que a maioria dos pacientes atinja estágio de doença inativa. Imunobiológico aprovado para doenças autoinflamatórias, e aqui no Brasil para AIJS desde 2015, Canaquinumabe possui inúmeras publicações, incluindo estudos randomizados e observacionais, comprovando sua eficácia e segurança no tratamento de AIJS.

O Ministério da Saúde quer ouvir a opinião da população brasileira por meio da Consulta Pública de No 50 para incorporação de Canaquinumabe para Artrite Idiopática Juvenil Sistêmica, que está aberta no período de 28 de agosto até dia 16 de setembro de 2019. No caso de interesse ao tema, as contribuições podem ser feitas no site http://conitec.gov.br/consultas-publicas da seguinte forma:

1. Acessar o site da CONITEC (http://conitec.gov.br/consultas-publicas);
2. Localizar a Consulta Pública No 50 “Canaquinumabe para Artrite Idiopática Juvenil Sistêmica”;
3. No campo contribuição, clicar em experiência ou opinião;

4. Dar a contribuição no campo 6;
5. Comentar a razão no campo 7;
6. Você pode especificar sua experiência com o tratamento nos campos seguintes e
7. Clicar em Gravar no rodapé da página e aguardar a tela de confirmação.

A incorporação de Canaquinumabe é um grande passo para o acesso da população aos tratamentos
para Artrite Idiopática Juvenil Sistêmica. Não deixe de participar!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading...
%d blogueiros gostam disto: