Psoríase eleva risco de desenvolver doenças cardiovasculares

Em geral, lesões dermatológicas como a psoríase representam, para um bom clínico, o “coração à flor da pele”. Doença crônica que provoca inflamações na pele, a psoríase também pode inflamar outras partes do organismo, como cavidades articulares (artrite psoriásica). Por isso, ela pode comprometer a saúde dos vasos sanguíneos, assim como favorecer a aterosclerose (formação de placas de gordura no interior das artérias). Ao agredir a saúde do endotélio – camada celular que reveste o interior dos vasos sanguíneos e linfáticos – a psoríase pode provocar problemas no coração e outros, como o acidente vascular cerebral (AVC).

Há estudos bem conduzidos e até metanálises (Annals of the Rheumatic Diseases) que evidenciam que a artrite psoriásica é um fator de risco individual que eleva esse risco em até 34%. Dentro do contexto de risco cardiovascular global, ela potencializa os danos causados pelos chamados grandes fatores de risco: hipertensão arterial sistêmica, colesterol alterado, diabetes e tabagismo. Quanto mais tempo de artrite psoriásica, maior é o risco de doenças cardiovasculares.

Mease, P. J., & Armstrong, A. W. (2014). Managing patients with psoriatic disease: The diagnosis and pharmacologic treatment of psoriatic arthritis in patients with psoriasis. Drugs, 74(4), 423–441

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading...
%d blogueiros gostam disto: